Cursos de Graduação

Imagem Ilustrativa do Curso

Ciências Biológicas


O Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas está organizado em consonância com a Resolução CNE/CP nº 1/2002 e respectivas alterações, que tratam das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena, com a Resolução CNE/CP nº 2/2002, que atualmente institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura e com o Parecer CNE/CES nº 1301/ 2001 e a Resolução CNE/CES 7/2002, que estabelecem as Diretrizes Curriculares para os cursos de Ciências Biológicas. Atende ainda ao Parecer CNE/CES nº261/2006, referente à hora-aula. O PPC prevê a inserção de Libras na estrutura curricular do curso, como disciplina obrigatória, e enquadra-se no que dispõe o Decreto nº 5.626/2005 de 22/12/2005.

A AEMS dispõe de recursos físicos e materiais que atendem ao Decreto nº 5.296/2004, que trata das condições de acesso para pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida.

O Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da AEMS tem por principal finalidade a formação integral de docentes - biólogo/educador - para atuarem no Ensino Fundamental e Médio na área das Ciências Biológicas. Busca capacitar um profissional crítico e reflexivo, como educador e pesquisador, comprometido com a educação aliada à preservação dos demais seres vivos e seu ambiente, como a única via de acesso à promoção humana sustentável.

Assim, o curso visa à formação de profissionais aptos a atuarem no campo da docência da Educação Básica, na área das Ciências Biológicas, preocupados com a evolução, organização, manutenção, reprodução e desenvolvimento da vida, considerada dentro de um esquema integrado com outras várias vidas, sendo capaz de refletir sobre este processo para mudá-lo, melhorá-lo e transformá-lo, tornando o ensino local um fator de integração, de desenvolvimento regional e de melhoria de qualidade de vida.

O professor de Ciências Biológicas e de Biologia para o Ensino Fundamental e Médio é um profissional crítico, consciente da necessidade de atuar com qualidade e responsabilidade em prol da conservação e manejo da biodiversidade, conhecedor das políticas de saúde e meio ambiente, da biotecnologia, da bioprospecção, da biossegurança, da gestão ambiental, tanto nos aspectos técnico-científicos, quanto nas formulações de políticas.

Deve ser comprometido com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional por critérios humanísticos, bem como por referenciais éticos e legais, sendo, ainda, consciente de sua responsabilidade como educador, nos vários contextos de atuação profissional e aberto às inovações do ensino da Biologia.

O profissional formado poderá atuar diretamente no mercado de trabalho, bem como prosseguir seus estudos em cursos de pós-graduação. Sua formação permite exercer atividades no magistério, museus, herbários, biotérios, empresas de consultoria, órgãos de saneamento e preservação do meio ambiente, parques, jardins zôo-botânicos e órgãos governamentais.

Embora o magistério público e privado ainda seja o principal campo de atuação, outras funções têm sido oferecidas ao biólogo. No campo da pesquisa cada vez mais se faz necessária à atuação de biólogos que possam atuar de forma independente ou como parte de equipes multidisciplinares. O biólogo egresso poderá constituir parte fundamental nas equipes de estudo de impacto ambiental de empreendimentos públicos e privados, adequação e gestão ambiental de obras de grande porte como instalações industriais, barragens, canais, estradas, usinas hidrelétricas, projetos de mineração entre outros.

Ato Regulatório: Portaria de Autorização DOU nº 1.819 de 29/10/10

Duração:6 semestres

Período:Diurno - Noturno

Carga Horária: 2.814h

Vagas: 200

Habilitação: Licenciatura


conteudo auxiliar